Viagem

Porto Alegre Parte II – O Churrasco

O Rincão Gaúcho é uma churrascaria muito boa aqui de Salvador. Não é a melhor, mas, dentre as tantas que tem por aqui, ela tem sido uma recorrente escolha. Além do bom serviço e da comida gostosa, o Rincão está com uma excelente promoção: o rodízio, no jantar, custa metade do preço, apenas R$26,95 por pessoa!

Deve ter sido por isso que, na última vez que fui lá, o pessoal da Herbalife estava fazendo um encontro. Deviam estar lançando o novo shake sabor carne, só pode! Ou, quem sabe, estavam testando sua capacidade de resistência ou novos métodos de tortura? Bem, talvez tenha sido só uma incoerência inocente mesmo.

Mudei minha forma de comer churrasco quando fui à Porto Alegre pela primeira vez, em novembro de 2011. Fui convidada a ir ao famoso “Churrasco dos Lubisco” e aprendi que, quando a carne é boa, os acompanhamentos tornam-se dispensáveis. Lá, come-se carne e farinha. Só. Basta.

Como já disse num post anterior, voltei a Porto Alegre no início deste mês, para um casamento. Mas é claro que uma ida ao sul do país não podia deixar um bom churras de fora. Família do namorado reunida e carne para um batalhão no carvão. Aliás, não só no carvão, mas na lenha! Sim, tem toda uma ciência para assar a carne, o que fez com que todos os churrascos de fins de semana nos quais “fulano” cuida da carne perdessem o sabor e o todo o meu respeito.

o portal da felicidade
Xande: tem técnica até na hora de cortar.

Para esta família, churrasco é coisa séria. O negócio é tão importante que até corte específico eles tem: o Bife de Lubisco. Como eu sou excelente em comer, mas uma anta na arte de assar, vou deixar a explicação do que é o Bife de Lubisco para o profissional, o grande, o sábio, o mestre, meu herói. Senhoras e senhores, com a palavra, Tio Rico:

No vídeo, prometi que filmaria o Bife de Lubisco, mas resolvi não perder tempo. Tirei esta foto e devoramos tudo em 5 segundos.

Foi nesse legítimo churrasco gaúcho que cresci a lista de comidas das quais eu não gostava e passei a gostar. Comi ovelha! Eu odiava ovelha, mas esta é diferente. Ela é A ovelha, entende?

delícia!

Para sobremesa, tivemos trufas e bem casados que sobraram do casório da noite anterior. O entretenimento ficou por conta de uma roda animadíssima de Escravos de Jó. Enfim, sucesso total.

bem casados em foto artística. rs
Carlos e a costela
O esquema é simples: cada um pega um garfo e salve-se quem puder.
A turma do Escravos de Jó: a foto borrou porque eles estavam muito animados!
Anúncios

3 comentários em “Porto Alegre Parte II – O Churrasco

  1. Lali, tô achando seu blog uma DELÌCIA!!! inclui você lá na lista dos blogs que eu recomendo do meu blog. Pode me visitar também quando quiser. Beijoca

  2. Amore eu me delicio lendo seu blog. Uma perguntinha, aliás duas: Cadê tio Rico e pq só os homens comem? hehehehe Beijos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s